O meu corpo grita mudo pela cidade

Procurar um sentido quando já não há sentidos.
Sem meios, sem estímulos, sem emoção.
Mudar implica matar algo que é garantido, desafiar o desconhecido,
criando a ilusão de que o que nos espera
será sempre melhor do que aquilo que nos dão.
Viajo pela madrugada fora, sem sair da cama.
A noite tornou-se o meu pior inimigo,
traz-me à mente quem não me ama
e recorda-me a perda de cada amigo.
Dizem que a fuga não é solução,
mas a final quem é que é o dono da razão?
O mundo fechou, dizem-se livres quando vivem numa sela.
Juntos criaram uma sociedade estereotipada
Onde cada um luta por um umbigo de ouro.
Pior do que falar em liberdade é acreditar nela.
Há dias que não são vida,
São uma merda de encher calendário.
O relógio vira o espelho da fadiga,
e lembro-me que nasci só porque alguém quis
colocar o meu nome no seu diário.
A manhã nasce, imperdoável.
O meu corpo grita mudo pela cidade.
O fim é inevitável,
quando a rutura vira sinónimo de liberdade.

Comentários

  1. Provavelmente uma sensação nada ageadável!
    Gostei da poesia...bj

    ResponderEliminar
  2. Olá, tudo bem?
    Sensação que todos nós infelizmente já vivenciamos e podemos reviver algumas outras vezes. É horrível senti os dias passarem sem nenhum sentido lógico, senti que nada segue o rumo que desejamos.

    Bela poesia! http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  3. Adorei o poema!

    r: Recomendo :) já não me lembro quanto paguei por ele, mas pelo que vi recentemente agora está a 5€

    ResponderEliminar
  4. todos nós já vivemos estas palavras que escreveste
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. ADORO! Esse poema retrata muito bem a atualidade, muito sábio. Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Você escreve muito bem! ^^
    Uma pena esses versos serem tão tristes, eu já me senti assim, mas foi quando meu pai faleceu, foi uma sensação muito ruim. =/
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderEliminar
  7. Espero que não sintas esta verdadeira tristeza no teu coração. A vida é confusa mas há sempre um sol; Nem que brilhe por detrás das nuvens! beijinho
    Coco and Jeans by Marisa x My Instagram x My Bloglovin

    ResponderEliminar
  8. Ines, minha linda, a vida nem sempre é aquilo que nós pensamos/idealizamos/desejaríamos que fosse. Infelizmente, pois vemos tantas coisas descabidas acontecerem, tantas situações surgidas sem nenhum propósito, tantos amores desfeitos, tantas relações deterioradas, que cada vez mais percebemos como o mundo anda caótico, com tanta violência, tanto desamor, tantos desentendimentos a grassarem em todos os relacionamentos. O que resta é tentar harmonizar o ambiente em que vivemos, tornar cada vez mais salutar as relações com as pessoas que nos cercam.
    Infelizmente, minha querida, nada resolve nos isolarmos. Não podemos, não temos meios para sanar os problemas que afetam a humanidade, e apesar de vermos tanta coisa ruim e sem propósito acontecer à nossa volta, temos que manter a própria sanidade, temos que buscar os meios de convivência que nos tragam pelo menos a paz de espírito, o senso do dever cumprido, a certeza de estar no mundo não apenas a passeio, mas fazendo parte de uma sociedade atuante, de uma comunidade que nos acolhe e a quem também devemos acolher, como irmãos, como semelhantes, pois só assim a nossa consciência estará apaziguada nos bons atos que praticamos diariamente, e nos deveres e obrigações que temos no nosso papel de cidadãos atuantes e produtivos.
    Tenho notado nas tuas postagens este grito de revolta, de dor, de desalento, e tenho certeza de que tu és uma pessoa extremamente sensível, generosa, de coração doce, que gostaria de ver um mundo melhor ser construído, as pessoas com mais bondade e compreensão no coração, se amando verdadeiramente, se unindo, confraternizando e buscando ajudar o semelhante, preocupando-se de verdade com o próximo. E este mundo que assim tu sonhas, minha amiga, é o mundo ideal, é aquele "mundo azul" que todos os homens desejam, e que infelizmente está muito longe de ser construído, porque ao lado de pessoas assim como tu, que tudo fazem para que ele se torne realidade, existem aqueles que só pensam no próprio bem-estar e pouco se importam com o resto da humanidade. E este desequilíbrio gera essa insatisfação, este desconforto e este vazio que por vezes, como tu bem dizes, se apodera da tua alma.
    Certa vez eu li algo do grande poeta alemão, Rainer Maria Rilk, e por achar oportuno, aqui transcrevo:
    "Não busque por enquanto respostas que não lhe podem ser dadas, porque não as poderia viver. Viva por enquanto as perguntas. Talvez depois, aos poucos, sem que o perceba, num dia longínquo, consiga viver as respostas, e desejo que encontre bastante paciência em si para suportar aquilo que hoje lhe causa revolta, e bastante simplicidade para crer nas soluções; que confie cada vez mais no que é difícil, entre outras coisas na sua solidão. No restante deixe a vida acontecer. Acredite-me: a vida tem razão em todos os casos. Toda dúvida pode se tornar uma qualidade se a ajustarmos dentro de nós".
    ************
    Minha querida, desculpe ter-me alongado no comentário, mas existem assuntos que me entusiasmam de tal forma, que não consigo parar de escrever, rs.
    Desejo que o teu final de semana tenha muitos sorrisos no correr das horas, e que muitas estrelas enfeitem o teu coração, onde eu sinto que existe uma ternura muito grande pelo mundo que te cerca.
    Um beijo no teu coração,
    Leninha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada por cada palavra, é muito isso que escreveste. Aos poucos tenho aceitada que cada um é como é. Tenho aceitado aos poucos o facto de as pessoas acharem que vem ao mundo para viver apenas sua vida, mesmo sabendo que podem melhorar a dos outros. Mas não sou ninguém para lhes dizer que estão errados, até porque ninguém sabe a verdadeira razão de aqui estarmos.
      Foi muito bom ler o que aqui escreveu, mais uma vez obrigada, um beijinho.

      Eliminar
  9. Muito, muito obrigado <3
    Não sou assim tão novo mas sim, percebi onde querias chegar :)

    Escreves tão bem que quase me teletransportaste :')

    NEW BRANDING POST | When a BRACELET Has a Lot of Meaning.
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  10. Apesar da tristeza que carrega, está um belíssimo poema.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  11. Belíssimo poema, carregado de emoções! parabéns!
    beijinhos
    http://direitoporlinhastortas-id.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  12. Assino por baixo essas tuas palavras.

    ResponderEliminar
  13. As rupturas certamente que nos podem fazer muito bem.

    ResponderEliminar
  14. Que poema tão lindo! Tens imenso jeito, vou ficar atenta para ver mais :)
    Kiss, Mariana Dezolt
    Messy Hair, Don’t Care

    ResponderEliminar
  15. lindos lindo lindo !!
    with love, KATE 🖤

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares